segunda-feira, 1 de agosto de 2011

30 anos da MTV norte-americana



A MTV norte-americana está fazendo hoje 30 anos de existência. A emissora entrou no ar no dia 1º de agosto de 1981, tendo como primeira exibição, o vídeo do lançamento da Apollo 11 que levou pela primeira vez o homem à lua. Logo depois, o primeiro vídeo-clipe a ser mostrado pela emissora foi "Video Killed The Radio Star" (1979), megahit do grupo new wave britânico The Buggles.

O canal foi responsável por uma grande transformação na música pop e na indústria do disco nas últimas 3 décadas. O vídeo-clipe passou a ser um produto praticamente imprescindível para lançamento de novos artistas e para impulsionar as vendas dos discos. Ainda que muitos artistas já ultilizassem os vídeo-clipes antes mesmo da criação da MTV, foi somente apartir do surgimento do canal que os vídeo-clipes foram levados mais a sério. As gravadoras passaram a investir mais no produto e percebendo ali um novo ramo para aumentar os seus lucros: os vídeo-clipes em home-vídeos. Além de se ouvir o álbum, havia a possibilidade de ver os vídeo-clipes das canções do mesmo álbum. Um novo mercado musical nascia.

Foi através da MTV que artistas como Michael Jackson, Madonna, Guns'n'Roses, Nirvana entre outros, se tornaram "semi-deuses" da música pop e verdadeiros fenômenos de vendagens de discos em escala planetária. Aqui no Brasil, nos anos 1980, mesmo ainda não existeindo a MTV por estas terras, o canal norte-americano exercia a sua influência; as emissoras de TV brasileiras criaram os programas de vídeo-clipes, mostrandos os hits que bombavam no mundo inteiro naquela época, bem como vídeo-clips da bandas do rock brasileiro que eram a grande sensação musica dos anos 1980. A Globo tinha o seu "Clip-Clip", a Rede Manchete o "Schock, e até mesmo aqui em Salvador, a Tv Itapoan tinha o seu programa de vídeo-clipes, o "Vídeo Jovem", que no início era bom, depois foi descambando para a mediocridade com a ascenção da Axé Music.

Em outubro de 1990, a MTV brasileira nasceu , fez uma verdadeira revolução na indústria do vídeo-clipe nacional, bem como ajudou na fomentação da música pop brasileira dos anos 1990 e a revelar ídolos nacionais daquela década como Skank, Raimundos, Planet Hemp, Chico Science & Nação Zumbi, e a revitalizar a carreira de veteranos com os discos e DVDs acústicos dos Titãs, do Capital Inicial e do Ira!

Nenhum comentário:

Postar um comentário